Salvadores da correria: Bepantol à noite

Uma das maiores lembranças da minha infância era dos meus lábios rachados e com as pelinhas soltando. Afff… dá arrepios só de lembrar 🙁 Era uma agonia só, porque eu vivia sempre com os lábios rachados e doendo…

Depois de uns anos, já grandinha, comecei a usar um gloss da Avon com um cheirinho de morango bem gostosinho (quem se lembra desse gloss?? o/ o/). Não era exatamente um balm, mas já ajudava a não deixar meus lábios assim tãaao ressecados.

Até que eu comecei a trabalhar e a passar a maior parte da minha vida dentro de um escritório, geralmente com um ar-condicionado congelante. Foi então que os seus lábios voltam a ser uma filial do deserto do Saara!

Como a vida é corrida e eu sou a pessoa mais aleroada da face da Terra, eu seeeempre acabo esquecendo de passar um balm nos lábios durante o dia. Eu falo, bebo água, como… e lá se vai o balm, que nunca mais é reaplicado. A salvação para isso, no meu caso de cabeça-de-vento, é usar as noites para deixar alguns produtinhos curingas fazerem o seu trabalho.

 

Promovido a produto de beauté pela Victoria Ceridono, o Bepantol, antes dedicado exclusivamente aos bumbuns de bebês, passou a ser super conhecido por também fazer maravilhas se aplicado durante a noite nos lábios (não me venha com essa de nojinho, só porque é creme pra popô de bebê! =P ). Testado e aprovadíssimo! A sensação ao acordar é muito boa. Pela manhã, os lábios estão muito mais macios e ajuda mais ainda se, depois de escovar os dentes, você aproveitar e fazer uma mini-esfoliação nos lábios com a toalha.

Além do Bepantol, outros dois produtos compõem o meu mini arsenal noturno contra os lábios ressecados. São eles: o Rêve de Miel, da Nuxe, e os esfoliantes da Lush. O Rêve de Miel é um balm super grosso, parece mais uma daquelas receitas de beleza caseira da vovó, que mistura mel e acúçar para hidratar/esfoliar a pele. Algumas noites, quando os lábios não estão assim tão maltratados (a.k.a “quando eu fui uma boa menina e lembrei de reaplicar o balm durante o dia”), uso o Rêve de Miel ao invés do Bepantol. De manhã, a mesma coisa: mini-esfoliação com a toalha.

Já o esfoliante da Lush é aquele produto que só é chamado nas horas de crise, quando os lábios estão em situação crítica de secura ou quando eu quero usar um batom matte. Em situações de secura máxima, o ideal é esfoliar e logo em seguida passar o Bepantol.

Desse jeito, dá sim para manter os lábios bonitinhos sem ter que ficar fazendo malabarismos durante o seu dia, que já é super agitado 😉

 

Você também pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *