Episódio 1 #100diassemcompras

Hoje, dia 6 de abril, fazem exatamente 3 semanas que estou sem comprar nada. Não faço idéia de como serão as próximas semanas, mas já posso dizer que estas últimas (principalmente a última) foram simplesmente horríveis.

Primeiro, porque foram semanas bem difíceis em termos de trabalho e carreira, com muitos questionamentos e ansiedades, coisas que não davam certo, ou que eu terei que esperar para ver algum resultado… E justamente em dias como esses, não poder despejar tudo em uma comprinha de “eu mereço” é muito difícil. Muito mesmo!

Mas passou. E a lição que pude tirar desses dias é a de que a gente sobrevive sim às tempestades. E dessas tempestades, saímos ainda mais fortalecidos, pois vemos que somos capazes de nos erguer e procurar alternativas e novos olhares sobre estes problemas. E que, além de tudo, nem sempre estas alternativas são materiais (aliás, vemos que elas QUASE NUNCA são).

Para além do universo de beauté, descobri novas formas de ver o mundo nestas três semanas. Ainda estou tentando incorporar todas estas idéias, mas achei que já valeria a pena compartilhar:

O primeiro é um canal do YouTube muito legal que descobri há um tempo atrás, mas até então nunca tinha dado muita bola. Chama-se Sugar Mamma (e tem site também, aqui!). Os vídeos são rápidos, mas com insights super legais. Além disso, não é aquela catequização do poupar-sem-objetivo-viver-como-um-franciscano-e-deixar-seus-filhos-se-degladiando-pelo-seu-dinheiro-quando-morrer. Ainda estou devorando todos os vídeos de coaching financeiro, mas até agora os que mais gostei foram esse aqui sobre minimalismo e dinheiro, e este aqui sobre guidelines para o sucesso financeiro.

Numa vibe parecida, mas puxando mais para as idéias sobre minimalismo, este podcast dos The Minimalists também me fez pensar bastante sobre o assunto. Este podcast foi um dos principais influenciadores da minha lojinha no Enjoei. Uma das decisões que tomei nesses dias foi a de que coisas que eu não uso, definitivamente, não terão mais lugar na minha vida…

Ufa! Três semanas mais pareceram três anos. Ainda faltam exatas 11 semanas para acabar o desafio. Mas mais do que ficar apenas 100 dias sem comprar nada e depois sair comprando igual a uma louca (saca aqueles regimes falidos que você passa fome por uma semana, mas depois fica a base de todas as gorduras e doces do mundo por 2 semanas?), o importante deste tempo é ir aprendendo que a gente não é definido pelo que temos, apesar de todo o mundo ter nos ensinado exatamente isso desde pequenos.

Você também pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *