Anti-hauls & menos é mais

É impressionante como a gente consegue se deixar levar por comportamentos tão automáticos, mas que nem sempre são aqueles que nos levarão a uma vida melhor ou mais feliz… Uma dessas coisas é em relação ao consumo.

Desde meados do ano passado, quando fiz a limpa no armário e resolvi que “menos é mais” quando se tratava do meu guarda-roupa e resolvi levar esse lema para várias outras áreas da vida, comecei a prestar atenção em como grande parte do nosso dia é permeado de materialismos. Sempre estamos querendo mais alguma coisa, falando sobre alguma coisa que acabamos de comprar (ou queremos comprar), prestando atenção no que o outro tem (e no que você não tem, mas gostaria de ter)… No final, parece que quanto mais temos, menos estamos satisfeitos e esse ciclo nunca termina. É só olhar em volta e ver quantas coisas você tem e quantas você REALMENTE ama (já diria Dona Kondo).

Continue Reading