Anti-hauls & menos é mais

É impressionante como a gente consegue se deixar levar por comportamentos tão automáticos, mas que nem sempre são aqueles que nos levarão a uma vida melhor ou mais feliz… Uma dessas coisas é em relação ao consumo.

Desde meados do ano passado, quando fiz a limpa no armário e resolvi que “menos é mais” quando se tratava do meu guarda-roupa e resolvi levar esse lema para várias outras áreas da vida, comecei a prestar atenção em como grande parte do nosso dia é permeado de materialismos. Sempre estamos querendo mais alguma coisa, falando sobre alguma coisa que acabamos de comprar (ou queremos comprar), prestando atenção no que o outro tem (e no que você não tem, mas gostaria de ter)… No final, parece que quanto mais temos, menos estamos satisfeitos e esse ciclo nunca termina. É só olhar em volta e ver quantas coisas você tem e quantas você REALMENTE ama (já diria Dona Kondo).

Continue Reading

Sobre esse tal de “compre mil reais e ganhe um trilhão de amostras”

Eu amo amostras. Amo mesmo.

Nunca mais me esqueço do dia, há um tempão atrás, em que fui em uma dessas lojas de departamento gigantes com aquela listinha de compras que só a gente sabe fazer quando viaja e a vendedora fala que tem a seguinte promoção: comprando acima de alguns dólares (pfff, ia comprar fácil fácil), eu ganhava uma bolsa e, dentro dela, muitas amostras. E ela falava sério. Eram MUITAS amostras. Eu fiquei enlouquecida.

Continue Reading

Alquimia de Beauté: esfoliante de café

Nessas minhas andanças pela internet, aliada à minha revolta com relação aos esfoliantes com grânulos artificiais (já falei deles aqui e tem um artigo bem legal aqui, falando dos males desses esfoliantes ao meio ambiente), ando descobrindo várias alquimias de beauté e uma que eu já testei e adorei é beeeeemmm complicada (#sqn) e resolvi compartilhar.

Continue Reading